quarta-feira, 17 de março de 2010

Do alto…

Passarito que saltita alegremente sob as nuvens mágicas... no chão; sombras que correm disformes, alteradas, desordenadas numa ordem própria,
que só o vento e sol comandam...
ah! queria ser nuvem. deixar-me levar pela brisa, fresca!
e... de lá do alto, de olhos escancarados ser pássaro por um dia!

Eurico Rodrigues Conde
10/3/2010

Sem comentários:

Enviar um comentário