quarta-feira, 10 de março de 2010

Chuva

Cai hoje, a chuva fria, constante, forte, feroz! Cai sem cessar. Refresca, renova, dá vida. Eu gosto da chuva!
De senti-la, tocá-la, bebê-la… não me canso da chuva.
Que cai na terra. Apaga o pó e fica… em poça.
Evapora e rejuvenesce a terra. Verde, vigorosa e bela.
Parece que tem vida. É vida!

Eurico Rodrigues Conde
5/03/2010

Sem comentários:

Enviar um comentário